Ligue Connosco

                                                                                            Qualidade

                                                                                     

Receba a nossa newsletter

SIGA-NOS:   

Blog

IRS - Filhos com rendimentos, até aos 25 anos entram no IRS dos Pais.

Os dependentes, que até 31 de Dezembro 2018 não tivessem completado 26 anos de idade, ainda podem entrar na declaração de IRS dos Pais, mesmo que tenham rendimentos de trabalho.

Desta forma, permite benefeciarem das despesas e da dedução que o fisco atribui de forma automática a cada dependente, contudo existindo também alguns limites.

Um desses limites, é o valor auferido.
Sendo, então considerados dependentes se não tiverem auferido mais de 8.120 euros em 2018 - o que equivale ao valor do salário mínimo em vigor no ano passado, pago 14 vezes.

Esta solução permite aos Pais abaterem os 600 euros de dedução pessoal que é atribuída a cada dependente, bem como despesas de saúde, educação e formação. Em contrapartida, terão de somar ao seu rendimento o valor recebido pelo filho.

Os casais que optem pela tributação em separado, o valor ganho pelo dependente, é considerado em 50% na declaração de IRS de cada um.

Nota: Antes de escolher esta opção, é preciso fazer as contas e perceber qual das soluções será fiscalmente mais vantajosa.

Quem não tenha atualizado fiscalmente a situação do Agregado Familiar até ao passado dia 15 de Fevereiro, necessita de acrescentar dependentes na declaração do IRS, terá de rejeitar o IRS automático (caso se aplique).

-> No próximo ano, por causa do aumento do salário mínimo nacional aumentou para 600 euros, o valor limite para que os filhos continuem a ser considerados dependentes, sobe para os 8.400 euros.

08.04.2019_Administrador | IRS
DESIGN | T1 DesignLabDESENVOLVIMENTO | 3GNTW